Oficina de Direito Sistêmico Prosseguir em Ribeirão Preto

 In Notícias

Técnica é oferecida a famílias com processos em andamento.

O Anexo da Violência da Mulher e da Família da Comarca de Ribeirão Preto passou a adotar a técnica das Constelações Familiares para auxiliar famílias que possuem processos em andamento a resolverem seus conflitos.

Trata-se de uma nova vertente proporcionada ao Judiciário brasileiro pelo Direito Sistêmico. A técnica considera que, ao nascer, uma pessoa traz consigo muito mais do que apenas sua herança genética e, muitos dos conflitos vivenciados no momento atual, estão ligados a questões familiares.


“Por meio deste método o autor e a vítima conseguem entender melhor seu papel na família. Os filhos e outras pessoas daquele núcleo familiar também são convidados a participar das sessões, fato que não é permitido na tramitação de um processo normal”, ressalta a juíza Carolina Moreira Gama, responsável pelo Anexo.
Os encontros por enquanto são mensais.

As famílias são convidadas a se submeterem a este novo método como forma de solucionar suas questões, sem litígios, independente do resultado do processo criminal. Segundo a magistrada, a experiência tem trazido resultados muito satisfatórios às famílias em conflito.


“Por meio das Constelações nós analisamos as questões familiares de forma muito mais profunda, auxiliando as partes envolvidas a identificarem suas verdadeiras funções dentro da família. Ajudamos as pessoas a mergulhar fundo em suas histórias para entender quais as causas e não apenas os efeitos daquele conflito atual”, explica a advogada Janice Grave Pestana Barbosa, coordenadora da equipe e facilitadora em constelações familiares.

  • OBJETIVO GERAL E ESPECÍFICO DO PROJETO

 O objetivo geral é explorar como a utilização da ferramenta Constelação Familiar contribui de forma eficaz na solução de conflitos familiares nos processos selecionados. Para responder ao objetivo geral foram levantadas 03 principais hipóteses a serem testadas: A busca pela origem do conflito familiar,sob o olhar sistêmico e trans disciplinar durante a prática da constelação aplicada à mediação:

1)restabelece o diálogo entre as partes;

2)facilita o consenso de forma eficaz;

3)previne futuros processos judiciais.

Para tal, os objetivos específicos são:

  • Identificar como o diálogo entre as partes é restabelecido durante à prática;
  • Descrever como a solução do conflito, por meio dessa prática, torna o método mais eficaz;
  • Apontar os atributos e benefícios da prática são considerados pelas partes como os mais importantes na prevenção de futuros processos judiciais;

Leia mais:
https://www.tjsp.jus.br/Noticias/Noticia?codigoNoticia=56495

Comunicação Social TJSP – GA (texto) / Divulgação (foto)
imprensatj@tjsp.jus.br

Instagram: @oficinaprosseguir

Face: https://www.facebook.com/oficinadireitosistemico.prosseguir/?modal=admin_todo_tour

 

Recommended Posts

Leave a Comment

Contato

Não estamos on line agora. Mas você pode nos enviar um e-mail que responderemos o mais rápido possível

Not readable? Change text. captcha txt
0