Nova diretoria da OAB e a Comissão de Direito Sistêmico

 In Mídias sociais, Notícias

No último dia 26 a 12ª Subseção da OAB-SP abriu suas portas para mais de 350 advogados, advogadas, autoridades e representantes dos poderes executivo, legislativo e judiciário para a cerimônia de solenidade de posse da diretoria para o triênio 2019/2021.

O evento marcou o primeiro ano da nova diretoria a frente dos desafios, dilemas e projetos da instituição, sob o lema ‘Advocacia Unida, OAB fortalecida’.

Luiz Vicente Ribeiro Corrêa, Andréa Cristina Corrado, Alexandre Silveira, Ricardo Miguel Sobral e Alexandre Nuti buscam estreitar o diálogo com a classe para uma OAB estruturada, forte e pluralista, que efetivamente assista a advocacia e atinja o protagonismo na sociedade civil.

 

Em 06/02/19, o Presidente da 12ª Subseção da OAB-SP, Luiz Vicente Ribeiro Corrêa, foi  nomearam e reconduzida ao Presidente da Comissão de Direito Sistêmico a Dra. Janice Grave Pestana Barbosa.

A Comissão de Direito Sistêmico foi  criada em janeiro 2018 pela Dra. Janice Grave Pestana Barbosa e já está composta por vários membros, com data marcada para o dia 17 de maio, para a realização do III Simpósio sobre Aplicação do Direito Sistêmico no Judiciário na Oab. 

O  objetivo da Comissão de Direito Sistêmico é estabelecer uma comissão voltada à prática sistêmica, além de:

  1. Assessorar a Diretoria das Comissões;
  2. Apresentar e desenvolver técnicas relacionadas à abordagem sistêmica para a solução de conflitos em todas as áreas jurídicas, seja no âmbito pessoal, no âmbito profissional ou mesmo organizacional;
  • Promover workshops, seminários, palestras em caráter interdisciplinar, estudos, pareceres e pesquisas;
  1. Prestar colaboração, orientar, cooperar e promover intercâmbio com as demais Comissões, para uso multidisciplinar da técnica de soluções sistêmicas e para maior efetividade da Justiça como um todo, minimizando divergências posteriores;
  2. Buscar um efeito mais profundo na solução das controvérsias, proporcionando real solução e entendimento entre as partes.
  3. Envidar esforços para a elaboração de acordos com respeito e verdade, produzidos sem influências e pelas próprias partes;
  • Proporcionar a aplicação de técnicas sistêmicas dentro dos escritórios de advocacia em todas as áreas de atuação;
  • Proporcionar que o advogado identifique a origem do problema do cliente;
  1. Intensificar o número de acordos;
  2. Promover e incentivar todos os órgãos judiciários na utilização das técnicas de soluções sistêmicas;

 

Recent Posts

Leave a Comment

Contato

Não estamos on line agora. Mas você pode nos enviar um e-mail que responderemos o mais rápido possível

Not readable? Change text. captcha txt
0