fbpx

Defensoria alia estudo de constelação familiar em capacitação de servidores

 In Blog

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas realizou mais uma capacitação dos servidores públicos daquele estado na técnica das constelações familiares. Referida técnica está avançando rapidamente no judiciário como uma forma de humanizar o judiciário na da resolução de conflitos.

As constelações familiares podem ser usada como um caminho preventivo, evitando assim o ajuizamento de um processo? Essa indagação nos leva a uma profunda reflexão, para entendermos o que realmente as partes buscam para solucionar os seus conflitos.

Para começar, a constelação familiar é uma ciência dos relacionamentos e possibilita uma maior consciência de todos os envolvidos em relação ao conflito. Nesse caminho há um maior autoconhecimento em relação da verdadeira causa  da briga judicial. Diante disso se tem mais êxito nos acordo.

“O objetivo da capacitação é introduzir no atendimento ao público da DPE-AM as Práticas Sistêmicas, que vêm sendo aplicadas em diversas Defensorias Públicas do país com a finalidade de promover um novo olhar sobre os conflitos familiares.

O Direito de Família é a área com maior volume de atuação na Defensoria Pública e a instituição está atenta à necessidade de prestar um serviço individualizado e humanizado. Com o estudo das Constelações Familiares, a Defensoria objetivou apresentar uma nova ferramenta que contribuirá com o tratamento de conflitos familiares, autoconhecimento e desenvolvimento humano.” https://glo.bo/2EVJQTa

Atualmente o estado de São Paulo possui 724 defensores públicos atuantes. Ainda são poucos  os defensores que aderem a essa técnica terapêutica  nos processos. Conforme explicado acima, o direito de família é a área que mais ocupa as defensorias públicas e onde se tem mais resultados.

Ressalta-se que estamos diante de algo bom no judiciário. A parte é olhada pela esfera emocional em suas questões, por exemplo, em casos de revisão de pensão alimentícia, onde a mãe quer que o pai apenas olhe para a criança. Ao ajuizar um processo o pai é obrigado a fazê-lo.

O que importa, portanto, é saber que outros estados também já estão aderindo a essa técnica trazida pelo Juiz Sami Storch, intitulada como direito sistêmcio. São inúmeros os relatos do Juiz, com o qual pude aprender na Pós graduação.

No caso acima podemos perceber que, quando as partes levadas a uma constelação familiar, por exemplo, temos que ela entram em contato a um outro nível de consciência na medida daquilo que elas realmente buscam.

O pai pode perceber qual a sua importância na vida da criança e a mãe, ao perceber a força que esse pai traz, pode permitir que a criança vá até o pai. A mãe pode perceber que muitas vezes está diante de uma alienação parental da qual ela não percebe, e que pode ser vivenciada dentro de uma constelação familiar.

A melhor maneira de compreender esse processo é considerar participar de uma vivência ou de palestras e cursos. Não se trata de que agora tudo vai ser resolvido através da Constelação familiar, mas estamos diante de algo que pode nortear melhor os acordos, para que não tenhamos tantas reincidências.

Conforme explicado acima o que importa, portanto, é trazer novas possibilidades de composição amigável. Essa, porém, é uma tarefa que vai depender de quantos olharem para essa nova oportunidade.

É preciso lembrar que o movimento iniciado nas defensorias publicas também já ocorre no Ministério Público e várias varas no judiciário. Sem contar na advocacia, onde advogados usam a constelações familiares como preventiva no ajuizamento de ações.

Como bem lembrado pela defensora publica, a técnica da Constelação familiar pode ser vista como uma lupa, onde olhamos as lealdades naquele sistema familiar e levamos a parte a ocupar o ser verdadeiro lugar na família.

Assim,estamos cientes da real necessidade de se fomentar cada vez mais a técnica da conciliação e a mediação nos conflitos. A constelação familiar no judiciário traz uma nova consciência nos acordos para que possam se realmente cumpridos.

Recommended Posts

Leave a Comment

Contato

Não estamos on line agora. Mas você pode nos enviar um e-mail que responderemos o mais rápido possível