fbpx

Um rompimento de barragem, um rompimento com o velho

 In Blog

Nas últimas horas, não paramos mais de ouvir sobre o rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho/MG, e em nossa volta só lembramos de episódio tão triste.

O quê não queremos ver? O que um desastre ambiental de tamanha monta quer nos mostrar?

Me pego a refletir como desastres ambientais, nos levam a olhar para dentro de nós, e ver quanto estamos rompendo com nossos padrões todos os dias e nem percebemos.

A mãe natureza não aguentou represar rejeitos da Mina, utilizados para produzir e atender a caprichos e uma pequena minoria, ela não aguentou não ser vista.

Quantos sentimentos temos em nós  que são reprimidos, não sabemos de onde se originam? São reprimidos e barrados para não serem expostos ao olhos de outros que julgam e zombam.  São reprimidos para nós próprios.

A mãe natureza que ser incluída. Quer liberar e mostrar o oculto. Ela não quer os rejeitos, mas a mina. Quer ser livre.

Somos as vítimas ou perpetuadores? Com que eu me identifico e sou solidário? Alguns irão dizer, com as pessoas soterradas e outros irão se preocupar com o valor das ações na bolsa. E tudo está certo,  pois é a mãe natureza que determina. Uma força maior  rompe nossa consciência para ver algo novo .

O rio não será mais o mesmo, pois ele agora  carrega algo que precisa ser visto por todos.  Nos também não o seremos mais, pois reconhecemos velhos padrões.

Perante esse mar de lama e de um turbilhão de informações sobre esse fato na mídia, temos que emitir energias e  VIBRAÇÕES DE AMOR!

Por mais difícil que pareça, a hora é de olhar para o que aconteceu com aceitação e acolhimento. É momento de emitir pensamentos e palavras que vibrem LUZ. Um  novo rio agora se forma, com histórias de vidas humanas submersas . E nos acolhemos no nosso oração, os seres que chegaram para essa missão.

Que o fato ocorrido se transforme num marco de mudança de consciência ambiental e existencial neste país de tantas riquezas naturais.

Que possamos aprender, como cidadãos e seres humanos como estar integrados à mãe natureza!

E que com um olhar sistêmico possamos transcender  nossas leis e qualquer posicionamento ecológico e econômico e olhar para o nosso planeta, na condução de processos e tomada de decisões com um novo olhar, mais humanizado!

Recommended Posts

Leave a Comment

Contato

Não estamos on line agora. Mas você pode nos enviar um e-mail que responderemos o mais rápido possível