Área de Atuação

Direito Sistêmico

O Direito Sistêmico passou a ser aplicado no Brasil em 2012, por meio do trabalho do juiz Sami Storch, na Bahia. Esta nova área de atuação jurídica é aplicada por meio das Constelações Familiares, conceito criado pelo alemão Bert Hellinger. Ela permite que advogados e profissionais de outras áreas, trabalhem para a solução de conflitos por meio da identificação e superação de traumas e conflitos familiares.
As Constelações se baseiam no conceito de que, ao nascer, uma pessoa traz consigo muito mais do que apenas sua herança genética. A técnica acredita que o indivíduo sofre a influência de um sistema energético, que o faz repetir alguns padrões comportamentais já vividos por outros membros de sua família.
Desta forma, muitos advogados estão aplicando este conceito em seus escritórios, para auxiliar as pessoas a solucionarem seus conflitos, sem a necessidade de longos processos, discussões e, muitas vezes, sem a chegar ao Judiciário.
As Constelações Familiares são fundamentadas em três leis: equilíbrio, pertencimento e hierarquia. No campo do Judiciário, a técnica é aplicada por meio de perguntas sistêmicas e da dramatização do conflito. Desta forma é possível que o cliente identifique as raízes do seu problema.
“Quando o cliente consegue identificar a causa daquele conflito passa a fluir a energia vital do amor. A partir do momento em que ele honra, respeita e agradece o destino, a pessoa se vira para a vida e passa a fazer diferente”, explica Janice Grave, advogada especializada em Direito Sistêmico.
Ela conta que é muito comum as pessoas repetirem o comportamento de outros membros de sua família. Entre os exemplos estão aqueles que não se permitem ganhar mais que os pais ou vivem muitos anos em relacionamento abusivo. “Quando a pessoa repete aquele comportamento ela se sente pertencente a um sistema familiar”, resume.
Por meio do Direito Sistêmico é possível guiar as pessoas para uma solução, sem litígios. O enfoque do trabalho está no entendimento e esclarecimento. Janice explica que a técnica permite trazer a pessoa para a instância de adulto, para que ela mesma seja capaz de solucionar seu conflito.
O alto índice de solução é a principal conquista da aplicação das Constelações Familiares no Judiciário. Atualmente a técnica já está presente em 16 estados brasileiros e no Distrito Federal.

Direito Trabalista
- Acidentes de trabalho
- Verbas rescisórias
- Doenças ocupacionais
- Assédio moral
Direito Previdenciário
- Restabelecimento de benefícios
- Acompanhamento de perícias
- Atendimento humanizado e sistêmico
Direito de Família
- Divórcio
- Revisão de pensão alimentícia, guarda
- Adoção
Direito Sistêmico
- Aplicação das Constelações Familiares para a resolução de conflitos de famílias ou trabalhistas.

Objetivos:

  • Permitir que as partes possam se reunir e olhar para as suas questões jurídicas sem precisar litigar. Oferecer um trabalho que permita um passo a mais no caminho da solução.
  • Trabalhar em prol daqueles que acreditam em um acolhimento consensual para a sua questão.
  • Atuar ao lado de pessoas entusiasmadas com a possibilidade de serem ouvidas em suas questões, de forma leve, para solucionar seus conflitos.
  • Sair do tradicional e acolher novos conceitos, para criar uma força interna de paz e prosperidade.
  • Acreditar que o cliente não quer se expor a profundas discussões jurídicas. Atender de forma a tornar o conflito menor do que a possibilidade de solução.
Contato

Não estamos on line agora. Mas você pode nos enviar um e-mail que responderemos o mais rápido possível

Not readable? Change text. captcha txt