fbpx

Perco a guarda do meu filho se eu sair de casa?

 In Blog

É certo que, está cada vez mais difícil de  ajudar a determinar quem ficará com a guardo dos filhos!

Pode ser que perca a guarda  sim…

Os tribunais estão mudando olhar em questões de famílias e hoje em dia a cada vez mais cresce no Brasil o número de pais que ganham a guarda dos filhos … É mito acreditar  que a mãe não perde a  guarda dos filhos!

O ex marido poderá levar alguma vantagem numa eventual disputa de guarda do filho. Enquanto não existe decisão judicial sobre com quem fica a guarda da criança, ambos tem a guarda e podem decidir pela criança em comum acordo… O pai  pode fazer o mesmo,  ou seja, ir embora e levar o filho…

O abandono do lar, pode prejudicar a  guarda de filhos, sim!

Como podemos olhar de forma sistêmica para tal questão, segundo a filosofia de Bert Hellinger?

Pergunta: Trabalho bastante junto aos Tribunais, tentando ajudar a determinar quem ficará com a guardo dos filhos. Às vezes os divórcios são tão complicados que é difícil fazer uma recomendação. Poderia dizer alguma coisa a respeito?

Hellinger: A questão de quem ficará com a guarda dos filhos depois do divórcio na verdade não é tão difícil de resolver como você possa pensar. Há dois princípios sistêmicos que podem orientá-los na tomada da decisão: (1) Os filhos devem ficar com o cônjuge que mais valorize o outro neles e (2) Aquele que rompe o relacionamento não deve ser recompensado com a guardo dos filhos. Na experiência concreta, é o pai que, com mais frequência, valoriza a mãe nos filhos, e não o contrário. Mesmo sendo assim, caso a mulher deseje a guarda, pode merecer esse direito se aprender a valorizar nos filhos as qualidades do ex-marido. De outro modo, magoa os filhos querendo e valorizando apenas metade deles”. ~ Bert Hellinger, trecho extraído do livro A Simetria Oculta do Amor, Ed. Cultrix.

.

Recommended Posts
Comments
  • Followgram
    Responder

    E claro que se os filhos ficam para tras, quem fica em casa mantem a guarda provisoria, a qual, todavia, e plenamente reversivel ao conjuge inocente na sequencia, atraves de liminar.

Leave a Comment

Contato

Não estamos on line agora. Mas você pode nos enviar um e-mail que responderemos o mais rápido possível